O paciente que sente Dor na Lombar, por mais de três meses, e uma importante dor nas pernas deve investigar o problema de forma mais específica e definida. Existem várias causas muito comuns de dor na Lombar e nas pernas

Em adultos mais jovens (20-60 anos de idade) o disco é susceptível de ser o gerador de dor e as condições podem incluir:

  • Hérnia de disco lombar
  • Doença degenerativa do disco
  • Espondilolistese

Em adultos mais velhos (mais de 60 anos), a fonte de dor nas costas ou   na perna é mais provável que sejam as articulações facetárias ou osteoartrite, e as condições de volta podem incluir:

  • Osteoartrite da articulação facetária
  • Espondilolistese degenerativa

O Que Causa a Dor na Lombar

Quando dizemos sobre a Dor na Lombar, temos de fazer uma distinção importante sobre as causas da Dor na Lombar de forma aguda e de forma crônica.

A Dor na Lombar aguda, é reflexo de uma série de causas diferentes, incluindo tensões musculares, entorses ligamentares e assim por diante.

Dor crônica é qualquer coisa que dura mais de três meses. Assim se a Dor na Lombar dura pelo menos três meses, ela é classificada de dor lombar crônica.

1. Causa da Dor na Lombar: Lesão no Disco

A dor que vem de um disco não é a mesma da que resulta de uma hérnia de disco.  Para entendermos isso é necessário saber qual a estrutura de um disco vertebral.

Composição do Disco Vertebral

O disco é composto no seu centro por uma substancia gelatinosa, a qual é conhecida como proteína inflamatória, pois ao se aproximar dos nervos, podem causar dor, dormência ou fraqueza muscular.

Felizmente o disco vertebral não possui fibras nervosas no meio do disco, mas está presente no seu entorno, na crosta mais externa do disco.

A Lesão no Disco Vertebral

A dor causada pela lesão do disco ocorre, porque as proteínas inflamatórias irritam o nervo que está presente na borda do disco.

A dor por uma hérnia de disco ocorre quando o disco comprime a raiz nervosa.

Também é importante lembrar que apenas porque você tem uma lesão no disco vertebral não significa que você necessariamente terá dor.

As pessoas certamente têm algumas lesões discais assintomáticas, mas isso é mais comum entre pessoas mais jovens – pessoas com menos de quarenta anos – que respondem por cerca de 40% da crônica dor lombar.

Essa causa também é muito comum em pessoas mais velhas, e, em geral, tende a ser mais doloroso quando a pessoa se senta ou inclina o tronco para a frente, porque essas são as posições que podem colocar mais pressão mecânica sobre os discos.

2. Causa da Dor na Lombar: Articulações facetárias

Essas articulações são como joelhos, ombros, dedos – são juntas sinoviais com as mesmas peças básicas.

Elas são apenas um pouco mais exóticas, porque estão na região mais profunda da   coluna. Não se vê sem um raio-x, nem se pode empurrá-las a fim de ver seu movimento em particular.

Causas de Dor nas Articulações Facetárias

As articulações facetárias tendem a ser mais dolorosas quando realizamos a extensão e elas tendem a ter a dor amenizada se flexionadas, isto quer dizer que quando a pessoa se senta se sentirá  mais confortável.

Ao permanecer em pé por muito tempo se coloca muita pressão sobre as facetas e, é por isso que elas tendem a ser mais dolorosas quando se está em pé ou quando se gira e se inclina.

As pessoas mais velhas – após a idade de 65 anos – tendem ter de 30% a 40% de dor lombar crônica. Em pessoas mais jovens, é menos comum para este tipo de dor facetária.

3. Causa da Dor na Lombar: Articulação Sacroilíaca

Lembre-se que esta é a parte inferior das costas, esta articulação tende a apresentar a dor mais na parte inferior da coluna, próximo das nádegas, ela é responsável por 10% a 15% das causas de dor, algumas pessoas dizem que cerca de 20% da dor crônica lombar.

Conclusão Dor nas Costas e Sua Relação com Dor na Lombar

As três principais causas de Dor na Lombar são diretamente relacionadas com alterações em estruturas presentes na articulação, disco vertebral, articulação facetária e articulação sacroilíaca.

Dessa forma podemos entender que nosso corpo precisa de movimento, pois quando apresenta algum tipo de restrição articular na coluna vertebral (estrutura que permite o movimento), a Dor na Lombar pode aparecer como um sinalizador desta alteração.

Gostou das Dicas sobre Dor na Lombar e sua Relação com Alterações Articulares?

Estou curiosa para saber o que achou sobre este post.

Deixe seu comentário para eu saber sua opinião e assim eu poder melhorar a cada dia meus posts, pois eles são feitos especialmente para você.

Dor na Lombar e sua Relação com Alterações Articulares
5 (100%) 1 vote