A Atividade Física no Processo do Envelhecimento é de extrema importância quando pensamos em saúde e qualidade de vida.

A velhice chega para todos, isso é um fato. O que mais queremos e desejamos é que ela chegue da melhora forma, com saúde e disposição. Mas não levamos em conta que para que isso ocorra precisamos somar uma série de fatores ao longo da nossa vida. E um deles é a famosa prática de exercícios físicos.

ENVELHECIMENTO

Devemos observar que o envelhecimento é um processo que provoca alterações e desgastes em vários sistemas funcionais, que ocorrem de forma progressiva e irreversível. Estas transformações diferenciam-se de um indivíduo para o outro. Cada pessoa envelhece de forma diferente. O envelhecimento não é só cronológico, é também biológico, funcional e também psicológico e social.

Com o passar do tempo o nosso organismo e corpo sofre modificações e perdas de massa muscular, flexibilidade, força, equilíbrio, massa óssea, além de aumentar a gordura corporal.

ATIVIDADE FÍSICA

Com a prática de atividade física, o idoso encontra um forte aliado na prevenção no processo de envelhecimento.

O sedentarismo por sua vez pode causar degeneração fisiológica impedindo a realização de certos movimentos ou intensidade de esforços físicos. Os efeitos benéficos da atividade física podem ajudar na prevenção, manutenção e reabilitação de algumas doenças, além de um estilo de vida mais ativo e saudável.

BENEFÍCIOS DA ATIVIDADE FÍSICA

Os benefícios alcançados com a atividade física na terceira idade são inúmeros, tai como:

  • Aumento da elasticidade
  • Fortalecimento da musculatura
  • Aumento da massa muscular
  • Melhora nas articulações
  • Diminuição da perda óssea
  • Prevenção de doenças como osteoporose
  • Aumento da capacidade pulmonar com melhora da oxigenação do organismo
  • Controle da pressão arterial e do nível da glicose sanguínea.

ENVELHECENDO COM ATIVIDADE FÍSICA

A atividade física pode se tornar divertida para o idoso afastando o sedentarismo, diminuindo o uso de remédios para dores, antidepressivos e calmantes. Lembrando que a alimentação balanceada aliada com a atividade física proporcionará uma qualidade de vida ainda melhor nesta etapa da vida.

Os idosos conseguem obter benefícios dos exercícios físicos tanto quanto os jovens. Além das mudanças no corpo, a atividade física melhora a autoimagem, afetando positivamente a autoconfiança e a afetividade, aumentando a sociabilizarão e mantendo uma atitude positiva perante a vida.

Conclusão sobre a Atividade Física no Processo do Envelhecimento

A atividade física é uma das intervenções mais eficientes quanto à melhora da qualidade de vida dos idosos, pois auxilia no controle das mudanças ocorridas pelo processo natural do envelhecimento, promovendo a independência e autonomia nas atividades do cotidiano, aumentando a força, agilidade e confiança, o que para o idoso é de suma importância, trazendo para sua vida benefícios além da saúde.

A prática dos exercícios físicos precisa ser bem acompanhada por um profissional, pois alguns movimentos podem causar lesões e o que era pra ser um aliado passa a ser um vilão.

A recomendação é praticar exercício físico apenas quando se sentir bem e seguro, iniciando gradualmente, alimentando-se antes dos exercícios, respeitando os seus limites, informando sempre qualquer sintoma e consultando um profissional especializado.

Se você quer envelhecer com força, vigor e saúde, seja saudável. Cuide do seu corpo com amor. Pratique atividade física!

Gostou deste artigo sobre a Atividade Física no Processo do Envelhecimento? Estou curiosa para saber o que achou sobre este post.

Deixe seu comentário para eu saber sua opinião e assim eu poder melhorar a cada dia meus posts, pois eles são feitos especialmente para você.

Atividade Física no Processo do Envelhecimento
5 (100%) 1 vote